“CHICO DOIDO” SOLICITA APOIO À SEPROR PARA IMPULSIONAR O SETOR PRIMÁRIO EM IRANDUBA


O prefeito de Iranduba, Francisco Gomes (“Chico Doido”), encaminhou dois ofícios ao secretário de estado da produção rural, José Aparecido dos Santos, requerendo apoio para a revitalização do setor primário no município.
Os expedientes foram entregues no início da noite desta quarta-feira (1º), na sede da SEPROR, pelo secretário municipal de produção, Adalberto Alves de Araújo, acompanhado dos vereadores Pedro Paulo Castro (“Pepê”) e José Augusto de Souza, além do administrador Jonas Cordeiro, que representou a Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEMINF).
Nos dois ofícios, assinados pelo prefeito “Chico Doido” e pelo secretário da SEMPRO, Adalberto de Araújo, a Prefeitura apresenta demandas como otimização da malha viária do município, incluindo asfaltamento de mais de 20 quilômetros de ramais e recapeamento de outros 13 quilômetros da Estrada do Caldeirão; aquisições de caminhões-baús, casas de farinha, microtratores, sementes, implantação de uma feira semanal no Terminal Hidroviário de Iranduba (Porto do Solimões) e revitalização da Central de Comercialização da Agricultura Familiar, situada no km 2 da Rodovia AM-070, incluindo a abertura de um retorno em frente ao local para fins de atrair o público consumidor da capital amazonense.

REUNIÃO COM JOSÉ APARECIDO

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e área interna

Por quase duas horas o titular da Secretaria de Estado da Produção Rural conversou com a comitiva de Iranduba e tomou ciência dos problemas que afligem os agricultores familiares locais.
Por telefone, José Aparecido também conversou com o prefeito “Chico Doido” e prometeu encaminhar as demandas ao governador Amazonino Mendes.
Na entrevista, o secretário da SEPROR disse que na capital há cerca de 2 milhões de pessoas a serem alimentadas; daí a viabilidade de buscar em Iranduba, o município mais próximo a Manaus, os produtos da agricultura familiar para a mesa do consumidor.
Referindo-se aos dois ofícios, José Aparecido comentou: “eu recebi agora, vou levar a pauta ao governador e aos órgãos competentes, e vamos o mais breve possível dar a resposta. Se eu não der 100%, dou 50, dou 60 (%), mas que vai alguma coisa para Iranduba, com certeza!”, garantiu.

Reportagem: J Ray Lima
Fotos: Thayna Menezes


► Confira o teor dos ofícios na íntegra:
ESTADO DO AMAZONAS
PREFEITURA DE IRANDUBA
Gabinete do Prefeito
Secretaria Municipal de Produção
Ofício Nº 204 /17- GP/PMI. Em 31 de outubro de 2017.
Ao Excelentíssimo Senhor
JOSÉ APARECIDO DOS SANTOS
Secretário de Estado da Produção Rural
SEPROR/ Manaus – Amazonas.
Senhor Secretário,
Cumprimentando-o cordialmente, desejamos a Vossa Excelência uma exitosa administração à frente dessa pasta, extremamente estratégica para o desenvolvimento do Setor Primário do Amazonas.
Em nome dos agricultores familiares, que representam uma significativa parcela da população do nosso município, manifestamos imensa confiança na atual gestão, capitaneada pelo governador AMAZONINO MENDES, pois somos testemunhas de que em um passado não muito distante, quando ele esteve à frente da administração estadual e pôs em prática o programa “TERCEIRO CICLO”, Iranduba recebeu vultosos investimentos, os quais o colocaram no “ranking” dos municípios que mais produziram itens da agricultura familiar, com destaque para aqueles desenvolvidos por meio da técnica de Cultivo Protegido, chamada popularmente de Plasticultura.
Queremos agora voltar a crescer nesse segmento, impulsionando a economia local e colocando nas feiras, mercados, restaurantes e shoppings de Manaus produtos de alta qualidade e em larga escala, muito além do que já produzimos.
Isso posto, apresentamos aqui as nossas demandas atuais:
1- 03 (três) caminhões-baú, pois hoje a Secretaria Municipal de Produção (SEMPRO) dispõe de apenas 01 (um) veículo, em precárias condições de funcionamento;
2- 01 (uma) patrulha agrícola para ampliar as ações no Setor Primário;
3- 10 (dez) casas de farinha convencionais;
4- 20 (vinte) tratoritos (micro tratores manuais);
5- Sementes de coentro, pepino, mamão, repolho, milho, abobrinha, melancia, couve, etc, para atender a 600 famílias cadastradas na SEMPRO.
Há ainda outras duas demandas para as quais gostaríamos de contar com o apoio do Governo do Estado, por meio de Vossa Excelência:
1ª- Implantação da Feira da ADS (Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas), para funcionamento semanal (aos sábados), no Terminal Hidroviário de Iranduba, à margem do rio Solimões. Entendemos que a referida feira seria um importante espaço de comercialização de produtos da agricultura familiar para Iranduba e outros municípios limítrofes, com destaque para as cidades da Região Metropolitana. De igual modo, o oferecimento de uma excelente opção aos consumidores da capital de adquirirem produtos de extraordinária qualidade a preços efetivamente acessíveis;
2ª- Revitalização da Central de Comercialização da Agricultura Familiar, localizada no km 2 da Rodovia AM-070.
O local necessita urgentemente passar por modificações estruturais, de modos que sejam postas em destaque as frutas, verduras e legumes, “carros-chefes” daquele espaço mercantil que, lamentavelmente, foi fruto de um projeto equivocado, motivo pelo qual até hoje não atraiu a presença do grande público consumidor.
Some-se a isso, ainda, a necessidade da concepção e um projeto para a construção de um retorno naquele trecho da estrada, sem o qual não cremos haver qualquer perspectiva de progresso para a aludida Central.
Face ao exposto, subscrevemo-nos com votos de elevado apreço.
Atenciosamente,
FRANCISCO GOMES DA SILVA
Prefeito Municipal
ADALBERTO ALVES DE ARAÚJO
Secretário Municipal de Produção
........................................................................................
ESTADO DO AMAZONAS
PREFEITURA DE IRANDUBA
Gabinete do Prefeito
Secretaria Municipal de Produção
Ofício Nº /17- GP/PMI. Em 1º de novembro de 2017.
Ao Excelentíssimo Senhor
JOSÉ APARECIDO DOS SANTOS
Secretário de Estado da Produção Rural
SEPROR/ Manaus – Amazonas.
Senhor Secretário,
Cumprimentamos Vossa Excelência por meio do presente, oportunidade em que manifestamos os nossos sinceros desejos de uma profícua gestão à frente da SEPROR (Secretaria de Estado da Produção Rural).
Tem este expediente o intuito de atrair a mão amiga do Governo do Estado para uma consistente parceria com a Prefeitura de Iranduba no sentido de impulsionar o Setor Primário local por meio da otimização das estradas vicinais que entrecortam o nosso município.
Todos os anos, após a vazante do rio Solimões, as comunidades agrícolas situadas em áreas como Estradas da Várzea, Paraná do Iranduba e Jandira, ficam a necessitar de uma emergencial recuperação. E esta, ano após ano, é custeada a duras penas pela própria Municipalidade, com os parcos recursos de que dispõe.
Cremos, no entanto, que o nosso eminente Governador AMAZONINO MENDES, que em seus mandatos anteriores fez da Agricultura uma de suas reais prioridades em todo o Amazonas, não hesitará em destinar a Iranduba a estrutura necessária à revitalização desse importante segmento econômico.
Assim, ilustre Secretário, rogamos que sejam inseridas no cronograma de atividades da SEPROR para 2018 as seguintes demandas:
1- Recuperação da Estrada do Jandira/ Costa do Caldeirão (13 quilômetros de extensão por 5 metros de largura);
2- Recuperação da Estrada da Várzea/ Costa do Iranduba (17 quilômetros de extensão por 5 metros de largura);
3- Recuperação da Estrada do Paraná do Iranduba (13 quilômetros de extensão por 5 metros de largura);
4- Recapeamento da Estrada do Caldeirão (13 quilômetros de extensão por 5 metros de largura);
5- Asfaltamento do Ramal da Cachoeira do Castanho (8 quilômetros de extensão por 5 metros de largura);
6- Asfaltamento do “Ramal do Km 26” (13 quilômetros de extensão por 5 metros de largura).
Certos do empenho e do firme propósito de vossa Excelência em contemplar o município de Iranduba com a estrutura necessária à retomada do crescimento do Setor Primário, subscrevem-nos.
Atenciosamente,
FRANCISCO GOMES DA SILVA
Prefeito Municipal
ADALBERTO ALVES DE ARAÚJO
Secretário Municipal de Produção

Postar um comentário