Portal de Iranduba

Política

Esporte

Entretenimento

19 de julho de 2011

Ipaam flagra caminhão baú com madeira clandestina

Fontes:
egundo os fiscais, o caminhão Baú, de placa JXV 0754, também estava irregular, e o motorista encontrava-se sem habilitação no momento da apreensão.
Fontes: http://d24am.com/amazonia/meio-ambiente/ipaam-flagra-caminho-ba-sendo-carregado-com-madeira-clandestina-em-iranduba/29458
O caminhão foi trazido para Manaus com 105 pranchas de madeira de diferentes bitolas e tamanhos.
















Manaus - Fiscais do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) flagraram, no último sábado (16/7), em Iranduba, o carregamento de um caminhão Baú com madeira em pranchas exploradas e beneficiadas clandestinamente. O caminhão foi trazido para a sede do Instituto e, na tarde de hoje (18), os fiscais começaram o trabalho de cubagem da madeira para a definição das penalidades.


 A abordagem foi feita a partir de informações obtidas pela gerência de inteligência do IPAAM que já vinha monitorando a área. “Tudo era feito dentro da floresta. As árvores eram derrubadas e as toras transformadas em pranchas no próprio local da derrubada. Em seguida, por meio de um caminhão chamado de “toureiro”, as madeiras beneficiadas eram trazidas por um ramal até uma residência, na estrada, onde eram transferidas para o caminhão Baú, utilizado para esconder a natureza da carga”, explicou o gerente de inteligência do IPAAM, Júlio Cezar Lemos de Almeida.
Segundo os fiscais, o caminhão Baú, de placa JXV 0754, também estava irregular, e o motorista encontrava-se sem habilitação.
O caminhão foi trazido para Manaus, para a sede do Instituto, com 105 pranchas de madeira de diferentes bitolas e tamanhos e de duas espécies nobres: angelim e cardeiro. Na tarde de hoje, os fiscais realizavam a cubagem (medida de cada prancha de madeira para identificar quantos metros cúbicos por prancha e de todo lote), procedimento básico para o cálculo da multa e emissão do auto de infração.
O nome do infrator está sendo mantido em sigilo para a descoberta dos outros agentes da cadeia exploratória, informou Júlio Cézar Lemos.
Outra Ocorrência 
Um dia antes, na sexta-feira, também em um ramal de Iranduba, os fiscais do Ipaam encontraram 10 m3 de madeira em pranchas. O 90Batalhão da Polícia Militar, do município, ficou como fiel depositário (guardião) do produto, até conclusão dos procedimentos administrativos previstos em Lei.
Os agentes de inteligência e fiscais do IPAAM vão continuar investigando o que está estimulando a exploração e o beneficiamento ilegal em Iranduba. “Certamente há marcenarias comprando ilegalmente a madeira”, ressaltou Lemos. O trabalho de inteligência e de fiscalização do Instituto estão sendo intensificados no sul do Amazonas e nos municípios da Região Metropolitana de Manaus.

Postar um comentário

Sempre visando o melhor aproveitamento dos Debates, pedimos a atenção dos participantes. Os moderadores não se responsabilizam pelos comentários publicados neste espaço. Coloque o assunto da sua dúvida ou pergunta no título do tópico para facilitar a busca e manter os tópicos organizados. Especifiquem exatamente o assunto no título, isto vai facilitar na resposta solicitada, caso contrário SERÃO APAGADOS. Após a deleção de algum tópico será aberto um outro tópico pra explicar o porquê foi deletado. Escolha um tema claro e objetivo que identifique sua real necessidade e facilite aos demais participantes ajudá-lo.

 
Copyright © 2013 Portal de Iranduba
Powered byBlogger